Guest Post: Como é viver em Munique! (Autora: Camilian Siqueira)

Olá meus amigos, estou muito feliz de compartilhar esse post lindo que a querida  Camilian Siqueira do blog de viagens Destino Munique escreveu para a gente. A Camilian mora em Munique há mais de três anos e hoje ela vem contar para nós como superou os obstáculos das diferenças culturais! Não perca todos os detalhes dessa experiência incrível, e das superações de vida que nos levam aos nossos sonhos!
Beijos. Di.

Olá pessoal!
Eu sou a Camilian, do blog Destino Munique! É com enorme prazer que hoje estou aqui no Histórias da Di para contar um pouquinho sobre a minha experiência de morar fora do Brasil e ter escolhido a terrinha da cerveja para me acolher!
Ao contrário do que muitas pessoas pensam sobre a maioria das pessoas que tomam uma decisão como essa, sou muito ligada ao Brasil! Amo minha cidade natal (Rio de Janeiro!), onde tenho minha família, os meus amigos (muitos!), os lugares que mais gosto de ir e tudo mais. Mas mudar também é preciso, ainda mais quando se tem uma chance, se toma coragem, e com o passar do tempo, buscamos algumas coisas, que embora culturalmente sejam diferentes, nos traz bem estar e tranquilidade… estou falando da tal qualidade de vida!



Munique é uma cidade considerada modelo aqui na Europa. As coisas realmente funcionam. Não importa se está frio, chovendo, sol, ser Copa do Mundo, Oktoberfest… dificilmente a cidade vai te deixar na mão. A cidade é limpa, segura, disponibiliza uma rede de transportes público eficiente, as pessoas respeitam as regras do jogo, são no geral comprometidas com isso. Na minha opinião e pelo que vejo, este é o ponto chave do sucesso desta cidade. Por outro lado, às vezes é um pouco demais. A flexibilidade não é o ponto forte por aqui. Tem que ser do jeito X e ponto, mesmo que esta não seja a melhor forma e que agrade a todos. Mas faz parte!


Outra coisa que acho bem legal aqui é a paixão pelo verde, pela natureza! Munique tem o maior parque urbano do mundo, o Englischer Garten. O prefeito da cidade tem como algumas de suas metas prioritárias, a preservação da natureza e o incentivo às práticas sustentáveis. Os parques são os lugares mais procurados para lazer de todas as idades.


Claro que nem tudo são flores: aqui faz frio grande parte do tempo (hoje já estou acostumada!) e se fala alemão! Rs
O frio no começo é novidade, a neve é linda, esquiar é um máximo (adoro!), mas muitos dias cinzas (ou brancos) não é muito legal quando estamos cansados (com aquela preguica!) ou mal humorados (rs!). Sinto falta do sorriso nesta época no rosto das pessoas no trabalho, no metrô… talvez seja por isso também que muitos pensam que os alemães são frios, sem emoções. Não tem também muita graça ficar rindo a toa com um frio de -10 graus às 7h da manha (rsrsrsrs!).


Tocando no ponto humor, infelizmente esta imprensão se comprova em estabelecimentos comerciais, principalmente em restaurantes, padarias, vendinhas. Muitos brasileiros reclamam de serem mal atendidos por aqui, e tenho que concordar, este não é o forte deles. Nós gostamos de ser tratados como reis e rainhas no ato da compra! Rs A sensação que tenho é de insatisfação, vender porque tem que vender, atender porque tem que atender. E na maioria dos casos, por pessoas mais velhas. A cara feia às vezes corta o barato de comer a frutinha gostosa que estão vendendo na barraquinha da feira, sabe?! Hoje isso não me incomoda tanto, mas confesso que já incomodou.
A língua… este é um dos maiores desafios! Sim, é difícil! Exige paciência e dedicação ao meu ver! As palavras são enormes e cheias de consoantes! Cadê as vogais?! Mas uma coisa que aprendi é saber se expressar e ser entendida. Se isso acontece, é um bom passo já! Nunca vi um idioma que tem tantas palavras diferentes para falar a mesma coisa! Então muitas vezes eu usei (e ainda uso) uma palavra que naquela situação, embora o significado seja o mesmo, nao é para ser usada, é um falso sinônimo rs, e a pessoa fica me olhando (?????)…. e um tempo depois… “ahh entendi o que você quis dizer!”. Foram muitas situações engraçadas que vivenciei e ouvi de outros conhecidos brasileiros que moram por aqui :) Hoje nos rende boas risadas!                            
            

É isso pessoal! Como sempre escrevo no Destino Munique sobre o que se fazer em Munique, hoje com este convite da Di quis contar sobre morar em Munique. E obviamente, indico esta cidade para o seu roteiro! É linda, com boa gastronomia, ótimos museus, parques, palácios… e rica em boa história para se ouvir e reviver nas ruas da cidade!



Um beijo, Camilian

CONVERSATION

2 Comentários :

  1. Cada foto hein!!!!

    Parabéns pelo post e parabéns Di por dicas cada vez mais completas da Alemanha!

    Amei lembrar um pouquinho desse país aqui :-D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e pelo carinho!

      Beijos,
      Di.

      Excluir

Volte
p/ topo