Califórnia: HIGHWAY 1 REABERTA - MONTE SEU ROTEIRO


Ontem, 18 de julho, foi reaberto o último trecho da Highway 1 depois de um período em que trechos da estrada estiveram fechadas por conta de fortes chuvas no início de 2017. A icônica rodovia costeira da Califórnia oferece aos turistas uma viagem com vistas deslumbrantes pela costa do Oceano Pacífico. A estrada que cruza o estado de norte a sul, por si só, já é um roteiro de viagem completo. Confira algumas das paradas imperdíveis:



San Francisco é o ponto de partida perfeito para uma road trip pela Highway 1. A metrópole tem um dos cartões postais do estado, a Golden Gate, além de museus, uma gastronomia premiada e passeios que atraem turistas do mundo todo, como uma visita a ilha de Alcatraz, por exemplo. A recomendação para é explorar a cidade de metrô, bicicleta ou utilizando os famosos bondes. O ideal é deixar para pegar o carro apenas no último dia e, então, dar início à aventura pela costa.



Saindo de San Francisco, a próxima parada pode ser em Monterey, de onde parte a encantadora 17 miles-drive até Carmel. É nesse trecho que a estrada começa a se tornar ainda mais especial. Paga-se uma taxa de cerca de 10 dólares para entrar e, entre Pacific Grove e Pebble Beach, o asfalto é a divisória entre a floresta de ciprestes e a costa rochosa do Pacifico, um caminho cheio de beleza e com algumas das casas mais invejáveis do planeta. Em Monterey, turistas não devem deixar de conhecer a Cannery Row, região que ficou famosa por causa do escritor local John Steinbeck, repleta de  hotéis, lojas e restaurantes que ocupam o espaço de antigas fábricas de embalagens de peixe e o renomado Monterey Bay Aquarium, para ver de perto 35 mil tipos de animais e plantas, representando cerca de 550 espécies, entre elas um grande número de espécies nativas da Califórnia, incluindo as lontras do mar. Carmel by The Sea, (Carmel, como dizem os locais), é uma charmosa cidade com ruas repletas de galerias, acolhedores pubs gastronômicos e pousadas ainda mais aconchegantes e uma convidativa praia de areia branca.



Um dos trechos mais memoráveis da Highway 1, são 90 quilômetros para realizar paradas estratégicas em mirantes como a Bixby Bridge, ponte icônica que todos conhecem de alguma propaganda de carros. São inúmeras opções de hospedagem: de locais para acampar, como Big Sur Campground e o Julia Pfeiffer State Park,  a hotéis exclusivos como o Post Ranch Inn ou o luxuoso Ventana Big Sur. Enquanto estiver por lá, o viajante deve ficar atento, olhar para cima para avistar condores-da-califórnia, os maiores pássaros da América do Norte, ou para baixo, para procurar por baleias migratórias e lontras boiando no mar.



Próxima parada: San Luis Obispo! A região tem atrativos inegáveis como inúmeros restaurantes no estilo californiano, uma importante região vinícola e belas praias como as de Morro Bay que podem ser visitadas em um tour de caiaque. A cidade incentiva e promove artistas locais com uma programação especial, toda primeira sexta-feira do mês, com visitas a galerias e estúdios de arte. Outra oportunidade única em San Luis Obispo: ver um dos 17 mil elefantes-marinhos, alguns leões marinhos e baleias migratórias em um dos muitos pontos de observação da região.



Por fim, os turistas podem encerrar essa viagem em Los Angeles. A região metropolitana que representa o lifestyle californiano reúne de tudo um pouco: praias, compras, restaurantes, arte e entretenimento. Ali estão alguns dos lugares mais icônicos no imaginário de turistas como Hollywood, Beverly Hills, Downtown LA, Santa Monica, Venice Beach e Malibu.


De trem

Além da tradicional rota de carro, os viajantes podem descobrir a costa californiana de trem. O Pacific Surfliner tem um percurso um pouco mais curto do que o itinerário sugerido, mas também é imperdível. O turista pode embarcar em San Luis Obispo e ir até San Diego, com paradas em Santa Barbara e Los Angeles. O destaque é que, neste trecho da estrada, o trem tem uma visão privilegiada que os carros não têm, pois está mais próximo do Oceano! Este roteiro é especial para surfistas, que tem espaço a bordo para levar pranchas (bicicletas também) e para os que buscam algo mais sofisticado é possível fazer um upgrade para a business class e desfrutar de uma viagem mais confortável.


Sobre o Visit California

O Visit California é uma organização sem fins lucrativos que tem como missão desenvolver e manter programas de marketing em parceria com a indústria de viagens do Estado, a fim de manter a Califórnia como um dos principais destinos turísticos do mundo. Segundo o Visit California, os viajantes gastaram $125,9 bilhões na Califórnia em 2016, gerando 1 milhão de empregos e $10.3 bilhões em taxas estaduais e locais. Para mais informações sobre o Visit California, visite http://www.visitcalifornia.com/br.

CONVERSATION

0 Comentários :

Postar um comentário

Volte
p/ topo