Documentário: Documentário premiado “Sob a Pata do Boi” chega às plataformas digitais


Produzido pelo ((o)eco e Imazon filme recebeu o prêmio One Hour Award no Fredd Festival da França


O documentário “Sob a Pata do Boi” chega às plataformas digitais de Video On Demand (VOD), para aluguel e compra. O filme, produzido pelo ((o))eco em parceria com Imazon, mostra que o desmatamento na Amazônia está relacionado diretamente com a atividade pecuária na região. A direção é de Marcio Isensee e Sá.

A Amazônia tem hoje 85 milhões de cabeças de gado. Na década de 1970, o rebanho era um décimo desse tamanho e a floresta estava quase intacta. Desde então, uma série de medidas implementadas pelo governo tornaram a pecuária a maior bandeira econômica e cultural da Amazônia, o que contribuiu para a chegada de milhares de fazendeiros e, consequentemente, aumentou o desmatamento da área, de maneira desenfreada.

A situação chegou a um estado crítico, tendo desaparecido aproximadamente 643.000 km², dos quais 66% viraram pastagem. O cenário começou a mudar quando em 2009, o Ministério Público propôs um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), que obrigou os grandes frigoríficos da região a se tornarem responsáveis por monitorar as fazendas fornecedoras de gado e não comprar daquelas que têm desmatamento ilegal.

“Sob a pata do Boi” recebeu a Menção Honrosa na 7ª Mostra Ecofalante, e conta com a impactante fotografia de Fábio Nascimento. O documentário, tem a preocupação de alertar a população e o governo sobre a situação alarmante do desmatamento na Amazônia e vem sendo lembrados em diversos festivais pelo mundo, entre eles o Fredd Festival, na França, onde recebeu o prêmio One Hour Award.

A distribuição nas plataformas digitais é da O2 Play.
Sob a Pata do Boi - a partir de quinta-feira, 23 de agosto em VOD

PREÇOS
iTunes
Compra R$ 19,90
Aluguel R$ 7,90

Google Play
Compra R$ 19,90
Aluguel R$ 6,90

Now
Aluguel R$ 6,90

Vivo Play
Aluguel R$ 6,90

FICHA TÉCNICA
Direção: Marcio Isensee e Sá
Produtor executivo: Bernardo Camara
Argumento: Eduardo Pegurier e Paulo Barreto
Roteiro: Juliana Tinoco
Montagem: Fred Rahal Mauro
Fotografia: Fábio Nascimento
Realização: ((o))eco e Imazon
Ano: 2018
Duração: 49 minutos
Classificação: Livre


Sobre a Distribuidora

A O2 Play é dirigida por Igor Kupstas sob a tutela de Paulo Morelli, sócio da O2 Filmes, e faz parte do grupo O2, que tem como sócios também o cineasta Fernando Meirelles e a produtora Andrea Barata Ribeiro. Em atividade desde 2013, a O2 Play se diferencia das demais distribuidoras por trabalhar além do cinema, TV e vendas internacionais, o VOD (Video on Demand), como uma distribuidora digital. Possui contratos com plataformas como o iTunes, Google Play, Netflix, NOW, Claro Vídeos, Vimeo, ofertando além de conteúdos longa-metragem e seriados também serviços de delivery (Encoding).

A O2 Play lançou em cinema filmes como CIDADE CINZA (2013), com os grafiteiros OsGêmeos, LATITUDES (2014), romance com Alice Braga e Daniel de Oliveira que foi parte de um inovador projeto transmídia, JUNHO - O MÊS QUE ABALOU O BRASIL (2014), documentário da Folha de S. Paulo, primeiro filme a chegar aos cinemas e em VOD na mesma data, A LEI DA ÁGUA (2015), documentário de André D’Elia com produção de Fernando Meirelles, A BRUTA FLOR DO QUERER (2016), vencedor de 2 prêmios em Gramado, UMA NOITE EM SAMPA (2016), de Ugo Giorgetti, PARATODOS, doc sobre atletas paraolímpicos que após carreira elogiada pela críticas nos cinemas foi vendido para o mundo todo na NETFLIX, DO PÓ DA TERRA (2016), doc de Maurício Nahas, PESCADORES DE PÉROLAS (2015), ópera com direção de Fernando Meirelles transmitida ao vivo via satélite do Theatro da Paz para 10 salas de cinema, e ENTRE NÓS (2014), A NOITE DA VIRADA (2014) e ZOOM (2016), estes de produção da O2 Filmes em co-distribuição com a Paris Filmes.

Entre os lançamentos da O2 Play nos cinemas estão o longa-metragem TRAVESSIA, filme com Chico Diaz e Caio Castro, o documentário SEPULTURA ENDURANCE, sobre a banda brasileira de metal, COMEBACK, filme vencedor do prêmio de melhor ator para Nelson Xavier no Festival do Rio 2016 e MALASARTES E O DUELO COM A MORTE, grande produção da O2 Filmes dirigida por Paulo Morelli. Também entram na lista o documentário EXODUS- DE ONDE VIM NÃO EXISTE MAIS, produzido pela O2 e dirigido por Hank Levine e o longa A REPARTIÇÃO DO TEMPO, dirigido por Santiago Dellape. Também distribuiu nos cinemas no segundo semestre de 2018 o premiado documentário SER TÃO VELHO CERRADO dirigido por André D’Elia.

A O2 Play é pioneira em curadoria mundial no iTunes com a seção FERNANDO MEIRELLES RECOMENDA. Esta a primeira vez que a loja da Apple convidou um agente externo para sugerir filmes (confira em itunes.com/fmeirelles).

A O2 PLAY realiza a distribuição digital e encoding para dezenas de títulos e séries, além de vendas para TV e mercado internacional. Tivemos oito longas escolhidos pela Apple dentre "Os Melhores Filmes do Ano” entre 2014 e 2016.

CONVERSATION

0 Comentários :

Postar um comentário

Volte
p/ topo